/pt/actions/standwithsergey/member_fields /pt/actions/standwithsergey/member_info

Junto com Sergey na Rússia

Sergey Kondrashov foi preso por desafiar a lei contra a "propaganda gay" em São Petersburgo. O crime?Levantar um cartaz dizendo que uma amiga, lésbica, merece os mesmos direitos do que Sergey e a sua esposa.

72.329
META: 100.000
72.329 pessoas apoiam essa campanha. Ajude-nos a chegar a 100.000 assinaturas
12 de abril de 2012

Domingo passado Sergey Kondrashov foi preso por segurar um cartaz que dizia "Uma querida amiga da família é lésbica. Minha esposa e eu a amamos e a respeitamos. E sua família é exatamente igual a nossa."

Em apenas quatro dias Sergey vai ao tribunal, quando ele poderá ser multado e até mesmo jogado na cadeia por duas semanas, por violar a nova lei anti gay.

Com os legisladores procurando ampliar essa lei para todo o país, Sergey resolveu se manifestar: está pedindo que Primeiro Ministro russo Vladimir Putin denuncie a lei absurda que fez de Sergey um criminoso, e que Putin faça tudo em seu poder para acabar com isso.

Sergey não se vê como um ativista. Ele é apenas alguém que pensa que todos os russos - gays ou não - deveriam ser tratados igualmente perante a lei. Se você acredita que nunca deveria ser ilegal defender a dignidade de seus amigos, amigas e familiares gays, lésbicas bi e trans, junte-se ao Sergey, e assine esta petição para o Primeiro-Ministro russo.

LEIA A CARTA DO SERGEY PARA MEMBROS DA ALL OUT ?